Click here for search results

Mensagem da Diretoria Executiva

Os vinte e cinco Diretores Executivos residentes, que representam os 188 países membrosdo Grupo Banco Mundial, são responsáveis pela condução das operações gerais do BancoMundial com poderes a eles delegados pela Assembleia de Governadores. Conforme dispostono Convênio Constitutivo, os 5 países membros com o maior número de ações indicam cincoDiretores Executivos; os outros vinte Diretores Executivos são eleitos pelos demais paísesmembros que formam os grupos representados em um processo eleitoral realizado a cada doisanos. Os Diretores Executivos escolhem um Presidente que exerce a função de Presidente doConselho de Administração. A atual Diretoria foi eleita ou indicada em 1º de novembro de 2012.

 Da Diretoria Executiva

Os Diretores Executivos desempenham um importante papel nas decisões sobre as políticas que orientam as operações gerais do Banco Mundial e sua direção estratégica e representam os pontos de vista dos países membros acerca do papel do Banco Mundial. Eles analisam e decidem sobre as propostas apresentadas pelo Presidente para os empréstimos, créditos e garantias do BIRD e da AID; novas políticas e o orçamento administrativo. Discutem também as Estratégias de Parceria com os Países – a ferramenta central com a qual a gerência e a Diretoria analisam e orientam o apoio do Grupo Banco Mundial aos programas de desenvolvimento de um país. Eles são responsáveis por apresentar à Assembleia de Governadores uma auditoria de contas, um orçamento administrativo e o relatório anual sobre os resultados do exercício financeiro.

Os Diretores Executivos atuam em uma ou mais comissões permanentes: Comissão de Auditoria, Comissão de Orçamento, Comissão sobre Eficácia do Desenvolvimento, Comissão de Governança e Assuntos Administrativos e Comissão de Recursos Humanos. Essas comissões ajudam a Diretoria Executiva a desempenhar suas responsabilidades de supervisão por meio de análises detalhadas das políticas e práticas. A Comissão de Coordenação dos Diretores Executivos desempenha função importante na preparação do programa de trabalho da Diretoria Executiva.

Os diretores visitam periodicamente os países membros para obterem conhecimento prévio dos desafios econômicos e sociais do país, visitar as atividades dos projetos financiados pelo Grupo Banco Mundial e discutir com as autoridades governamentais sua avaliação da colaboração com o Grupo Banco Mundial. As partes interessadas com quem os diretores se reúnem incluem autoridades governamentais, beneficiários, representantes de organizações não governamentais; outros parceiros no desenvolvimento (inclusive a comunidade empresarial) e os próprios funcionários do Banco Mundial. Em 2013, os Diretores Executivos visitaram países do Sudeste da África e Leste Asiático.

A Diretoria Executiva, por intermédio de suas Comissões, monitora regularmente a eficácia das atividades do Grupo Banco Mundial como o Painel de Inspeção Independente e o Grupo de Avaliação Independente – que se reportam diretamente à Diretoria Executiva – e também por meio do Departamento de Auditoria Interna e do auditor externo.

Realizações da Diretoria em 2013

Embora os desafios ao desenvolvimento persistam e a economia global continue frágil, o Banco Mundial continua no seu empenho em erradicar a pobreza extrema e buscar a prosperidade compartilhada de maneira sustentável do ponto de vista ambiental, social e econômico, que são os objetivos que os Diretores Executivos e os Governadores endossaram recentemente. Os Diretores Executivos também se comprometeram com a gerência sênior quanto à próxima Estratégia do Grupo Banco Mundial, que orientará a instituição na condução desses objetivos. De modo semelhante, a Diretoria Executiva discutiu o documento “Uma Visão Comum para o Grupo Banco Mundial,” que os Governadores analisaram na reunião da Comissão de Desenvolvimento na Primavera Setentrional de 2013.

Os temas centrais das discussões da Diretoria Executiva sobre o alcance dos objetivos do Banco Mundial foram empregos, risco de desastres e gênero. O tema “empregos” foi amplamente discutido no relatório principal do Banco Mundial – Relatório sobre o Desenvolvimento Mundial 2013: Empregos e suas orientações sobre políticas. Gestão dos Riscos de Desastres para um Futuro Resiliente: o Relatório de Sendai informou sobre as discussões da Diretoria acerca das questões de riscos de desastres. Outras discussões sobre o tópico risco de desastres incluíram preocupações com a segurança alimentar; estratégias e apoio relacionados a desastres naturais específicos, tais como os de Haiti e Samoa; e as questões levantadas pela Conferência das Nações Unidas (ONU) sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) e pela Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática de Doha. E a Atualização sobre a Implementação da Agenda para a Igualdade de Gênero no Grupo Banco Mundial relatou os desafios de gênero. Os diretores discutiram também o relatório principal, Relatório sobre o Desenvolvimento Global 2013: Dinâmica Rural- Urbana e os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio. A fragilidade e as economias afetadas por conflitos estiveram em primeiro plano durante as discussões das estratégias e operações. A Diretoria Executiva aguarda ansiosamente o World Development Report 2014: Risk and Opportunity – Managing Risk for Development (Relatório sobre o Desenvolvimento Mundial de 2014: Risco e Oportunidade – Gestão do Risco para o Desenvolvimento), a ser publicado por ocasião das Reuniões Anuais em Washington, D.C. em outubro este ano.

Para agilizar a eficácia operacional do Grupo Banco Mundial, a Diretoria discutiu e aprovou mudanças nas políticas de empréstimos para investimento com o objetivo de concentrar os empréstimos no desempenho e resultados. A Diretoria Executiva considerou também as reformas na estrutura das aquisições e a maior divulgação dos registros da Diretoria. Endossaram uma série de medidas para aumentar a eficácia da governança corporativa mediante a definição de critérios para identificar as operações do BIRD/AID a serem discutidas pela Diretoria e alinhá-las ainda mais às prioridades corporativas. A Diretoria também deu as boas-vindas à retomada da participação do Banco Mundial em Mianmar, após uma ausência de 25 anos, e no Suriname, após uma ausência de 30 anos.

A Diretoria aprovou US$ 31,5 bilhões em assistência financeira do Banco Mundial no exercício financeiro de 2013, que compreende US$ 15,2 bilhões em empréstimos do BIRD e US$ 16,3 bilhões em ajuda da AID. Os Diretores Executivos também analisaram 22 produtos da Estratégia de Parceria aos Países, 21 dos quais foram preparados em colaboração com a Corporação Financeira Internacional (IFC). A Diretoria Executiva aprovou um orçamento administrativo para o Banco Mundial de US$ 1,9 bilhão para o exercício financeiro de 2014. (Consultar worldbank.org/en/about/leadership/directors.)

Baixar
Mensagem da Diretoria Executiva PDF (1.3MB)


« Anterior




Permanent URL for this page: http://go.worldbank.org/3UXI5ENTO0